Notícias

Auricchio indica que gestão de Paulo Pinheiro mantinha funcionários fantasmas ligados à FUABC

O prefeito José Auricchio Júnior publicou decretos na última quinta-feira, 2, revogando integrantes de comissões responsáveis por fiscalizar contratos da Prefeitura indicados pelo ex-prefeito Paulo Pinheiro. Entre os grupos, está o que audita os convênios com a FUABC (Fundação do ABC), o contrato com a gestão passada foi alvo de críticas de Auricchio durante o pleito de 2016.

Oficialmente, o Palácio da Cerâmica informou somente que a promulgação dos decretos foi “decisão tomada em caráter emergencial, devido à urgência da situação, dentro das prerrogativas legais”. No entanto, nos bastidores a iniciativa foi encarada como espécie de devassa aos atos do governo de Pinheiro.

Antes mesmo de ser eleito, Auricchio já indicava que romperia o contrato com a FUABC, que é responsável pela gestão dos hospitais Márcia e Maria Braido e o Hospital de Emergência Albert Sabin, além de gerir a compra de remédios para a Secretaria de Saúde. O prefeito acusou a gestão anterior de manter funcionários fantasmas ligados à Fundação e que alguns recebiam supersalários. A FUABC sempre negou irregularidades, alegando desconhecer “esse tipo de situação”.

Auricchio nomeou o vereador Marcel Munhoz (PPS) como representante da Câmara na comissão responsável por fiscalizar o contrato com a FUABC. A nomeação gerou insatisfação de alguns parlamentares. Eles defendem que a Casa é que deveria apontar seu representante no grupo.

Compartilhe!