Notícias

Engenheiro e ex-secretário de Obras, José Gaino, é afastado da Prefeitura de São Caetano

Condenado no caso Cressoni, o ex-secretário de Obras José Gaino foi sentenciado a 15 anos e 9 meses de prisão por corrupção, falsificação e peculato.

O caso  Cressoni  ganhou notoriedade nacional depois da acusação do empreiteiro Antônio José Cressoni, em 2007, que admitiu ao Ministério Público ter participado de organização criminosa durante o governo Luiz Tortorello.

O juiz Pedro Corrêa Liao disse que Gaino utilizava-se do cargo para exercer influência sobre os demais servidores, inclusive se intitulando engenheiro-chefe. A quebra do sigilo bancário de Cressoni revelou que cheques da Construtora Cressoni foram emitidos ao ex-secretário de Obras. No processo há informação de que o empresário gastou R$ 31,5 mil para reforma em imóvel de Gaino.


Compartilhe!