Variedades

Ranking da Unesco coloca São Caetano como a cidade mais segura para jovens no Brasil

De acordo com o Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência, divulgado nesta semana pela Unesco, a cidade de São Caetano do Sul é a mais segura do país para os jovens – com idade entre 15 e 29 anos.

No Grande ABC, além de São Caetano, os municípios de Santo André e São Bernardo também fazem parte do chamado Grupo 1, de baixa vulnerabilidade. Mauá e Ribeirão Pires estão no Grupo 2 (média-baixa vulnerabilidade). E Diadema está no Grupo 3 (média vulnerabilidade).

O indicador classifica 304 municípios com mais de 100 mil habitantes levando em consideração as condições de vida da população jovem em diferentes segmentos, como exposição à violência, seja ela no trânsito ou por homicídio; permanência na escola e escolaridade; forma de inserção no mercado de trabalho e contexto socioeconômico. O índice divulgado tem como referência os dados de 2015.

10 mais violentos:
Cabo de Santo agostinho (PE)
Altamira (PA)
São José de Ribamar (MA)
Eunápolis (BA)
Marituba (PA)
Angra dos Reis (RJ)
Teixeira de Freitas (BA)
Paulo Afonso (BA)
Cabo Frio (RJ)
Nossa Senhora do Socorro (SE)

10 mais seguros:
São Caetano do Sul (SP)
Itatiba (SP)
Indaiatuba (SP)
Mogi Guaçu (SP)
Poços de Caldas (MG)
Sertãozinho (SP)
Jaú (SP)
Valinhos (SP)
Limeira (SP)
Santa Cruz do Sul (RS)

O estudo completo está disponível gratuitamente no formato PDF (clique aqui para fazer o download).

Compartilhe!