Notícias

Durante sessão da Câmara, estudantes de São Caetano protestam contra corte nas bolsas de estudo

Durante a última sessão realizada na Câmara Municipal de São Caetano do Sul, um grupo de estudantes ocupou uma parte da galeria para protestar contra o corte nas bolsas de estudo em cursos do município.

Um projeto da prefeitura oferecia bolsas entre R$ 300 e R$ 600 para ajudar com os custos em universidades públicas e particulares.

O programa já sofria com problemas relacionados ao atraso no pagamento no ano passado, sob comando do ex-prefeito Paulo Pinheiro (PMDB), mas em 2017 o edital para concessão da bolsa nem chegou a ser aberto.

De acordo com o jornal Metro, eram gastos cerca de R$ 5 milhões anualmente com o benefício, que atendia 900 estudantes em 2016.

O prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), confirmou que o AEC (Auxílio Educacional Complementar), não abrirá edital este ano e não tem previsão para voltar em 2018.